As modalidades representam a forma como os signos interagem com os elementos. Elas são divididas em três – Cardinal, Fixa e Mutável e reúnem quatro signos cada, englobando Terra, Água, Fogo e Ar. 

Assim como vemos na natureza com as estações do ano, as modalidades representam diferentes aspectos do mesmo todo. A modalidade Cardinal, como vimos no último post, representa o início de uma estação, já a modalidade Mutável, o fim do ciclo. Neste texto falaremos um pouco mais sobre a modalidade Fixa, aquela que representa o meio da estação, ou seja, o seu auge. 

Os signos Fixos

A modalidade Fixa reúne os signos de Touro (elemento Terra), Leão (elemento Fogo), Escorpião (elemento Água) e Aquário (elemento Ar). Em uma análise superficial podemos pensar: mas o que Touro, conhecido por ser um signo da materialidade, pode ter a ver com Aquário, associado sempre ao desapego, às grandes revoluções? Pois é isso que o estudo das modalidades nos mostra. Cada uma tem seu aspecto desenvolvido de acordo com o elemento do signo que está associada, ou seja, ela não se manifesta da mesma forma nos quatro signos. 

Os signos fixos marcam o auge da estação, quando a energia presente naquele período está em sua manifestação plena, representando a firmeza e a estabilidade. Portanto esses nativos costumam ser persistentes e decididos, seguindo firmes para a conclusão de seus projetos, embora possam demorar a dar o primeiro passo para a ação. Mas uma vez que começam, eles tem a obstinação e a satisfação de continuar. 

Touro – Signo do elemento Terra, Touro representa a concretude, a materialidade, a firmeza e até mesmo o apego, sendo a representação mais visível da modalidade Fixa. Esses nativos são firmes no que se propõem a fazer, focados e persistentes, por isso muitas vezes são vistos também como teimosos. 

Leão – Na modalidade Fixa, Leão representa a firmeza de propósito. Centrado, seguro de si, esse signo de Fogo tem a energia a seu favor e busca o que é melhor para si, investindo sua força de vontade e firmeza em seus projetos, avançando com determinação. 

Escorpião – Esses nativos são firmes em sua interioridade. Emocional e profundo em seus sentimentos, Escorpião é um signo que trata da finitude das coisas e não existe nada mais definitivo do que a ideia de que tudo acaba. Essa transformação que existe entre vida e morte é de fato a única certeza da vida. 

Aquário – Questionadores e disruptivos, os aquarianos são firmes naquilo que pensam e não mudam de ideia facilmente, podendo ser vistos como intolerantes. É a firmeza das ideias e de suas convicções. A modalidade Fixa pode ser um paradoxo para um signo tão visionário como Aquário, mas muito do virá no futuro não pode ser mudado, já está pré-estabelecido. Cabe a nós mudar a forma de olhar para o que acontece. 

Embora se manifeste de diferentes formas em cada signo, a energia Fixa é aquela que nos fala sobre a sustentação, a continuidade, a firmeza e a busca por preservação. Touro nos mostra a  firmeza das ações; Leão, a firmeza da presença; Escorpião a firmeza da interioridade e Aquário, a firmeza das ideias. 

A necessidade de manter tudo sob controle também é algo marcante nos signos fixos. Eles estão sempre buscando um eixo. Para situações de muita pressão, essa pode ser uma característica útil, porém o controle constante sobre aquilo que não está em nossas mãos nos leva ao desespero. Esse é um dos principais desgastes enfrentados por esses nativos. Devemos sempre lembrar que a impermanência da vida é incontrolável. 

A Semana da Astrologia continua, com encontros totalmente online e gratuitos. As próximas aulas serão dia 29/10 e 03/11. O estudo das Modalidades será abordado na terceira e última aula. Não perca!